Tel.: 21 884 41 00  |  Fax: 21 884 41 09

Vila Berta, 7 R.C. Esq.º  |  1170-400 Lisboa

274 crianças e jovens perderam a vida, vítimas de afogamento


Há precisamente 1 ano assinalava-se, pela 1ª vez, o Dia Mundial da Prevenção do Afogamento, proclamado pela Assembleia Geral da ONU através da Resolução 75/76 de 14 de abril de 2021.

A data pretende chamar a atenção para o tremendo impacto que um acidente como o afogamento tem, não apenas nas vítimas como nas suas famílias e na comunidade em geral.
Além disso, visa relembrar a urgência da implementação de medidas preventivas, — tal como a APSI faz há 20 anos — as que mais vidas podem poupar. 

Foi nesse sentido que, este ano, APSI e GNR se juntaram para dar às famílias, em Portugal, o que cada uma tem de melhor.
Respetivamente, a experiência e o conhecimento técnico de 2 décadas a trabalhar para que se implementem as medidas que, reconhecidamente, podem evitar o afogamento; e a capacidade única de levar, de forma próxima e dedicada em todo o território nacional, a mensagem de prevenção que salva as vidas que todos temos obrigação de proteger.
De 15 de julho a 15 de setembro, os militares da GNR estarão, em contacto direto com a população, a esclarecer dúvidas e a partilhar as recomendações que ambas as instituições preconizam.

Hoje, 25 de julho, serão também levadas a cabo algumas ações de sensibilização, nomeadamente no Porto e no Algarve.

Por forma a criar um maior impacto na sociedade, nomeadamente junto das famílias com menores, apostámos numa renovação da Campanha "do ursinho", como carinhosamente é tratada, e tivemos o inestimável contributo da Havas Portugal que, emprestando a sua criatividade a esta causa, criou o novo filme que, não vai deixar ninguém indiferente. 

De acordo com o Relatório de Afogamentos em Crianças e Jovens – 2002/ 2021, que a APSI tornou público este mês, ao longo dos últimos 20 anos houve uma redução significativa do número de casos. Porém, enquanto existir 1 criança ou 1 jovem que morra ou seja internado, vítima de um afogamento que poderia ter sido ser evitado, reiteramos o compromisso de continuar a alertar e a pressionar no sentido de serem tomadas medidas que já pecam por (muito) tardias.

 

 

 

 

 

parceiros


  • ESSILOR
  • Ford
  • Microsoft
  • Montepio Geral
  • ANSR
  • CM Cascais
  • Barriguinhas
  • DGS
  • DGC
  • Dorel
  • Manchete
  • Estrelas&Ouricos
  • SIBS
  • H-Menezes_RiskVision
  • GNB Seguros
  • Fundação MAPFRE
  • Sinalux
  • Ardozia
  • Frotcom
  • Índice Nacional Terapeutico
  • Pumpkin
  • Mustard
  • SAGIES
  • EIT