Tel.: 21 884 41 00  |  Fax: 21 884 41 09

Vila Berta, 7 R.C. Esq.º  |  1170-400 Lisboa

As dúvidas mais frequentes - ÁGUA


 

Que características deve ter uma vedação para piscinas?

Uma vedação eficaz não pode ser escalável, nem pode possuir aberturas que permitam a passagem da criança  através dela, por cima ou por baixo. Por esta razão deve ter no mínimo 110 cm de altura e todas as aberturas devem ser menores que 9 cm. Para além disso não pode possuir elementos que as crianças possam usar para colocar os pés e trepar.  Deve ser transparente e ter um portão de fecho automático que abra para o exterior.

A aprendizagem da natação é suficiente para prevenir os afogamentos com crianças?

Não. Mesmo adultos que sabem nadar podem morrer afogados. As aulas de adaptação ao meio aquático e natação devem ser entendidas como uma medida complementar à colocação de barreiras físicas que atrasem o acesso da criança água, a utilização de auxiliares de flutuação e a vigilância próxima e ativa de um adulto.  A adaptação ao meio aquático e natação é muito importante, mas não é suficiente.

As coberturas para piscinas são eficazes na prevenção dos afogamentos?

Não são tão eficazes como uma barreira física vertical, porque necessitam de ser retiradas e colocadas todas as vezes que se pretende utilizar a piscina, o que origina frequentemente esquecimentos. E nunca devem ser flexíveis. Se optar por colocar uma cobertura esta deve ser rígida, concebida com material resistente e estar instalada de forma adequada para que a criança não consiga passar por baixo dela, ficar presa, etc.

parceiros


  • ESSILOR
  • Ford
  • Microsoft
  • Montepio Geral
  • ANSR
  • CM Cascais
  • Barriguinhas
  • DGS
  • DGC
  • Dorel
  • Manchete
  • Estrelas&Ouricos
  • SIBS
  • H-Menezes_RiskVision
  • GNB Seguros
  • Fundação MAPFRE
  • Sinalux
  • Ardozia
  • Frotcom
  • Índice Nacional Terapeutico
  • Pumpkin